Instagram Feed

  • Last chance! Grab some really amazing digital assets before the Envato Cyber Monday Sale ends.* http://enva.to/L3lOd *Cute fluffy kitty not included.
#mograph #motiongraphics #graphics #aftereffects #3D #graphicdesign #envatosale
  • Last chance to grab some really amazing digital assets before the Envato Cyber Monday Sale ends! 
http://enva.to/L3lOd 
#mograph #motiongraphics #graphics #aftereffects #3D #graphicdesign #envatosale
  • Last chance to grab some really amazing digital assets before the Envato Cyber Monday Sale ends! 
http://enva.to/L3lOd 
#mograph #motiongraphics #graphics #aftereffects #3D #graphicdesign #envatosale
  • Wonder Television by SebicheArgentino
Grab this & many awesome assets like it at: http://enva.to/L3lOd

#mograph #motiongraphics #graphics #aftereffects #3D #graphicdesign #envatosale

Follow Me!

Text Widget

Ut tellus dolor, dapibus eget, elementum vel, cursus eleifend, elit. Aenean auctor wisi et urna. Aliquam erat volutpat. Duis ac turpis

Espécies a plantar

PINHEIRO BRAVO

Pinus pinaster

Espécie pouco exigente que pode ir até 1000 m de altitude. Encontra-se por todo o país, excepto nas regiões mais secas do interior.

Espécie resinosa de folha persistente.
Altura: 30 a 40 m
Floração: Abril a Maio
Fruto: pinha
Semente: penisco
Idade máx: 200 a 300 anos

Espécie florestal que ocupa a segunda maior área em Portugal continental.

PINHEIRO MANSO

Pinus pinea

Solos arenosos e climas quentes e secos. Principalmente no Alentejo litoral, mas também no Norte e Centro litoral e Beira Interior.

Espécie resinosa de folha persistente.
Altura: 25 a 30 m
Floração: Março a Maio
Fruto: pinha
Semente: pinhão
Idade máx: superior a 200 anos

Espécie de crescimento lento. Importante para a produção de pinhão.

PINHEIRO SILVESTRE

Pinus sylvestris

Prefere os climas frios, mas é tolerante ao calor do Verão. Muito intolerante ao assombramento e a terrenos calcários. Muito frequente no Norte de Portugal.

Espécie resinosa de folha persistente.
Altura: 25 a 35 m
Floração: Maio a Junho
Fruto: pinha (estróbilos)
Semente: penisco
Idade máx: superior a 200 anos

Extractivos usados em uso medicinal. Espécie muito resistente à poluição urbana.

CUPRESSO OU CEDRO DO BUSSACO

Cupressus lusitanica

Preferência por solos de pH neutro, leves e fundos e clima húmido. Em Portugal, a sua presença é assinalada na Mata do Buçaco e, como ornamental, um pouco por todo o País.

Espécie resinosa de folha persistente.
Altura: até 35 m
Fruto / Semente: gálbula

CASTANHEIRO

Castanea sativa

Terrenos frescos, leves e profundos, em clima suave e húmido. De Norte a Sul de Portugal. Dos 400 aos 1000 m de altitude.

Espécie folhosa de folha caduca.
Altura: até 30 m
Floração: Maio a Junho
Fruto / semente: castanha
Idade máx: mais de 1000 anos

Madeira de excelente qualidade.

SOBREIRO

Quercus suber

Clima suave, muita luz e humidade do ar. Por todo o país, mas principalmente a sul do rio Tejo. Pode ir até aos 700 m de altitude.

Espécie folhosa de folha persistente.
Altura: até 20 m
Floração: Abril a Junho
Fruto / semente: bolota ou glande
Idade máx: superior a 400 anos

É espécie protegida por lei. Em termos de área ocupada, é a 3ª espécie florestal nacional. Portugal é o principal produtor e exportador mundial de cortiça.

AZINHEIRA

Quercus rotundifolia

Espécie pouco exigente. Tolera Verões quentes e secos. Principalmente no Alentejo interior, até aos 300 m de altitude.

Espécie folhosa de folha persistente.
Altura: até 20 m
Floração: Abril a Maio
Fruto / semente: bolota ou glande
Idade máx: até aos 1000 anos

Espécie protegida por lei.

CARVALHO ROBLE OU ALVARINHO

Quercus robur

Espécie de ampla distribuição. Prefere terrenos profundos, soltos, frescos e siliciosos.

Espécie folhosa de folha caduca.
Altura: até 40 m
Floração: Abril a Maio
Fruto / semente: bolota ou glande
Idade máx: até aos 300 anos

Madeira muito apreçada. As suas bolotas podem representar uma apreciável reserva alimentar para a fauna selvagem.

CARVALHO CERQUINHO

Quercus faginea

Têm preferência por climas suaves e quentes. Podem chegar até aos 1900 m de altitude. Comum no Centro e Sul do país, hoje ocorre unicamente em pequenas manchas isoladas.

Espécie folhosa de folha caduca.
Altura: até 20 m
Floração: Março a Maio
Fruto / semente: bolota ou glande
Idade máx: até aos 300 anos

Também denominado de carvalho português, tem a capacidade de recuperar solos degradados, de limitar a erosão, de facilitar a infiltração das precipitações.

CHOUPO BRANCO

Populus alba

Espécie de locais húmidos e de costas arenosas onde é resistente ao sal e aos ventos.

Espécie folhosa de folha caduca.
Altura: até 30 m
Floração: Março a Abril
Fruto: cápsulas
Idade máx: até aos 200 anos

Frequentemente plantada em jardins, ruas e parques como ornamental.

NOGUEIRA

Juglans nigra

Solos profundos, ricos em nutrientes e protegidos das geadas tardias, pois as suas flores são  muito sensíveis. Dão-se bem à beira dos rios.

Espécie folhosa de folha caduca.
Altura: até 30 m
Floração: Maio e Junho
Fruto: noz

FREIXO

Fraxinus angustifolia

Muito resistente ao frio, aceita altitudes até 1500 m. Indiferente ao pH do solo, desde que sejam húmidos. É espontânea em todo o território nacional, margens de rios e outros sítios frescos.

Espécie folhosa de folha caduca.
Altura: até 30 m
Floração: Março a Abril
Fruto: sâmaras
Idade máx: até aos 200 anos

Grande interesse ornamental. Resistente à poluição urbana.

MEDRONHEIRO

Arbutus unedo

Tolerante ao assombramento. Climas estivais secos e pluviosidade baixa. Altitudes até 1200 m. É espontânea em quase todo o território, embora com maior frequência a sul do Tejo.

Espécie folhosa de folha persistente.
Altura: 5 a 10 m
Floração: Outubro a Fevereiro
Fruto: bagas globosas e verrugosas
Idade máx: superior a 200 anos

Ornamental, devido às flores e frutos muito vistosos que sobressaem das folhas verde-escuro.

Os frutos, comestíveis, servem para produzir aguardente de medronho.

BORDO OU PLÁTANO BASTARDO

Acer pseudoplatanus

Tolera o assombramento e que gosta de locais frescos. É espontâneo a norte do Tejo. Prefere regiões montanhosas até 1800 m de altitude.

Espécie folhosa de folha caduca.
Altura: até 35 m
Floração: Abril a Maio
Fruto: dissâmaras
Idade máx: até aos 400 anos

Resistente à poluição urbana

BÉTULA

Betula celtiberica

Solos secos ou húmidos em locais com abundância de luz. Não tolera terrenos mal arejados ou alagados. Característica do Norte do país.

Espécie folhosa de folha caduca.
Altura: até 25 m
Floração: Abril a Maio
Fruto: sâmara

Cultivada como ornamental, surge frequentemente em vias públicas.